Desregulada ~

Rumo ao carnaval 2010!

Tem Sedex pra você! Agosto 15, 2009

Filed under: Cinema,Encomenda,Estudos — Flah Castro @ 5:56 pm
Tags: , , , ,

Bem… no café foi meio pão sírio com requeijão light e blanquet de peru. Alem de uma canequinha modesta de Toddy. Infelizmente eu sou viciada nisso, então não pude evitar.

 O almoço foi uma porção cômica (se não fosse trágica) de arroz branco com champignon, duas fatias pequenas de peito de frango assado e uma concha simbólica de creme de espinafre sem creme de leite.

 Mais tarde tem gente aqui em casa e provavelmente vai rolar um culto ao bolo de laranja da minha mãe. É incrível como ela resolve fazer o bolo mais perfumado da vida dela justamente quando a lindíssima aqui não irá comer sequer uma fatia. Ao menos tem lanche para as visitas e eu vou partir pra uma vitamina de banana.

Mudando de assunto… Estou decidida a prestar concurso para o BACEN, mas o edital fez o favor de não sair até hoje. Aproveitei essa demora pra estudar de verdade. Tomar vergonha na cara e ir a luta. Encomendei os livros na Folha Dirigida e chegou tão rapidinho… Agora é meter a cara nos estudos e tentar entender Microeconomia, Econometria e por aí vai…

"Quem quer ser funcionário público?" dos mesmos produtores de "Quem quer ser um milionário?"

E junto com a encomenda da Livraria Dirigida, o moço – super simpático dos Correios – trouxe um presentinho que eu ganhei do único japa chamado José que deve haver no mundo. (Alguém conhece algum outro?) Amei demais! Só o ursinho que não tem nome ainda, mas por ser amarelinho decidi que é menina. E o primeiro mangá de Inuyasha em Japonês é ótimo. Não que eu saiba Japonês, mas adoro mangá, então é realmente legal ter o orginal.

Muito obrigada, Zé! Adorei!!!

Muito obrigada, Zé! Adorei!!!

E aproveitando que o Telecine está aberto aos pobres mortais como eu que tem o pacote basiquérrimo da Net:

Telecine Premium

14:30 – Hortom E O Mundo Dos Quem!

 

Telecine Light

19:55 – Antes Só Do Que Mal Casado

22:00 – Em Seu Lugar

Flah Castro

 

Retrospectiva

Filed under: Memórias — Flah Castro @ 12:38 am
Tags: , ,

Adaptação pessoal para um e-mail sobre um candidato que dissertou quando questionado sobre sua experiência em uma entrevista de emprego.

Já quase matei pessoas de tanta cosquinha, e já quase morri também. Já brinquei de tantos piques, de pega-pega e pulei muito elástico. Já fui viciada em Fofy, Caramelo da Nestlé, e até já grudei ploc Gigante nos cabelos…

Já quis ser escritora, arquiteta, física e atriz. Já dancei na sala, encima dos pés do papai. Brinquei muito de tocar campainha na casa dos vizinhos e correr e já tomei banho de chuva (e bota banho nisso!).

Já chorei muito, já me roubaram beijo, já amei a pessoa errada. Já me perdi, depois me encontrei. Já lambi restinho de massa de bolo (e o faço até hoje), já me cortei com papel e quase sempre choro vendo filmes.

Já tentei esquecer pessoas inesquecíveis, então desisti! Já pulei muros e roubei frutas do pé. Já pedi estrelas de presente de Natal e já caí muitas vezes. Perdi as contas de quantos machucados colecionei. Já jurei amar pra sempre e descobri que o “sempre” foi mais curto que o esperado, embora ainda seja eterno (de alguma forma). Já rabisquei corações nas folhas do caderno e, de alguma forma, eles se estenderam para as carteiras do colégio.

Já matei aula no banheiro da escola. Já fugi de casa para sempre, indo me instalar do outro lado da porta de entrada. Já escorreguei pelo corrimão da escada (e caí de bunda no chão!). Já chorei por quem merecia (e chorei muito por quem nem se importava).

Já vi o sol nascer, amarelinho… E já vi o sol se deitar tantas vezes… Já tomei banho de piscina a noite sem pressa de ir dormir. Já tomei porre (de cerveja, de vinho, de caipirinha…).

Já tive medo, já tremi (de nervoso e de frio), já tive pesadelos, e muitos sonhos também. Já acordei no meio da noite sem vontade alguma de voltar a dormir.

Já chorei a falta que alguém me faz (fez) e já sorri muito por novos amigos chegarem. Já briguei muito e já amei ainda mais. Já me irritei e depois achei graça do fato…

E assim é a vida… Repleta de experiências. O que nos faz crescer e ser quem somos. Por tanto, gostaria de começar essa fase agradecendo a todos que me fizeram feliz ao seu modo e também a todos que me fizeram sofrer. Graças a vocês eu sou quem eu sou!

Flah Castro